www.solerpalau.pt
 
 
 
 
 
  FORMAÇÃO
 
 
 
  Fichas Técnicas  
 
 
 
  Casos práticos de ventilação  
 
 
 
Erros mais comuns em ventilação  
 
 
 
Renovações ambientais  
 
 
 
  Erros com as montagens nas ligações das condutas ao ventiladores  
 
 
 
  Erros em captações  
 
 
 
  Bibliografía  
 
 
 
 
  ERROS MAIS COMUNS EM VENTILAÇÃO
 
  RENOVAÇÕES AMBIENTAIS
 
 
Inexistencia de entrada de ar ou ar insuficiente
 
 
 
É frequente ver instalações de ventilação nas quais não se prevê correctamente a entrada de ar suficiente para substituir o ar que temos previsto evacuar. Consequentemente, a ventilação é nula ou deficiente e o ventilador, ao trabalhar em vazio, aumenta o nível de ruído.
 
 
 Ver exemplo
 
Incorrecta instalação das entradas e saídas de ar (Criação de zonas "mortas")
 
 
 
Ao desenhar um sistema de ventilação, devemos prever que o percurso do ar efectue um varrimento o mais amplo possivel, no espaço a ventilar
 
 
 Ver exemplo
 
Instalação das entradas de ar e das saidas muito proximas ("cortocircuitos")
 
 
 
Este erro costuma-se cometer com muita frequência em bares e estabelecimentos comerciais nos quais se instala um extractor ao lado da porta ou de uma janela aberta. A consequência é que o ar entra pela porta ou pela janela e é expulso directamente pelo extractor sem passar através do local.
 
 
 Ver exemplo
 
Incorrecta instalação das entradas de ar (Introdução do ar contaminado)
 
 
 
Há que ter presente que renovar o ar de um local consiste em substituir o ar viciado por ar limpo. Portanto, há que ter cuidado com a qualidade de ar que introduzimos no local.
 
 
 Ver exemplo
 
Colocação de obstáculos ás ligações aos extractores, na descarga e na aspiração
 
 
 
Um erro que ocorre com muita frequência, quando se instalam os ventiladores em locais interiores, como arrumos é não se tomar a precaução de não se colocar obstaculos à sua frente.
 
 
 Ver exemplo
 
 
 
 
 
 
 
www.solerpalau.es